Ser diferente.


"Hoje em dia existe uma polêmica tão grande sobre a questão “ser diferente”. Há os que acham que ser diferente é ser especial, é de certo modo, mais interessante. Há os que são preconceituosos e intolerantes com qualquer tipo de diferença que encontram no outro. Mas o que é ser diferente? 
  
   Eu sempre achei que todos somos diferentes na mesma intensidade, mas com características diversas. Não existe um padrão comum a todos, nem a maioria. Até a maioria, que é tão citada atualmente, não é igual. Os grupos de pessoas que compartilham gostos comuns, que ouvem o mesmo tipo de música ou leem o mesmo gênero de livro, também não incluem pessoas iguais.

    São tantas as características que formam uma pessoa que é absolutamente difícil achar duas que “se pareçam”, imagine então dizer que são iguais! É impossível! Assim como não dá pra encontrar duas peças idênticas num quebra-cabeças. E eu acho que somos exatamente isso! Um mesmo quebra-cabeças, formando a mesma paisagem. Cada peça com a mesma importância, mas cada peça fundamentalmente única. Podemos ter formatos e cores semelhantes, mas jamais poderíamos ser iguais. E quem foi que disse que é ruim ser diferente? Ser diferente é simplesmente essencial!"

TEXTO ENVIADO POR BRUNA GOULART, UMA DAS NOSSAS SEGUIDORAS DO BLOG! (:

Pensem nisso!Beijón!