Estive pensando...







Me sinto como uma lagarta dentro de um casulo, presa tentando sair, mas com medo do que vai encontrar lá fora depois que desabrochar.

Muitos me olham e vêem como uma borboleta, linda e majestosa em seu voo perfeito, sem conexão com o mundo,apenas sintonizada em fazer o que é melhor pra si...
Mas não sabem eles que essa borboleta que eles vêem não sou eu, é só uma casca, uma mascara que uso, pra que fique tudo bem...
As minhas amigas que conheço a tanto tempo falam "Queria ser como você, não se magoar nem se apaixonar por ninguém, conseguir ser fria e nunca se machucar".
É se elas me vissem agora não iriam mais querer ser igual a mim, talvez tivessem pena ou será que teriam compaixão?
Não sei... Mas... Não é isso o que eu quero, então acho que vou continuar pra sempre sendo a lagarta presa disfarçada de borboleta...