Tecnologia do Blogger.

Escuto até hoje!


       Sempre existem algumas bandas ou músicas que marcam alguma época da nossa vida.Elas marcam tanto que acabamos escutando até hoje,de uma certa forma.Então,resolvi montar uma pequena playlist de músicas que escuto desde a minha adolescência e consequentemente fazem parte de mim ou realmente contam uma parte da minha história,sobre algum acontecimento importante.

  1. Losing Grip_Avril Lavigne: acho que essa é a minha música favorita da Avril.Fica até difícil de escolher.Sou fã dela desde a minha época de escola,e acompanho o trabalho dela desde o início.O primeiro álbum dela, "Let it go",é o meu favorito,tanto em questões de músicas (me identifico muito com as letras) como naquele visual dela que eu pirava e tentava copiar e ser igual a ela!Acho que sou um little black star até hoje!kkkkkk

    2. Dream on_Aerosmith: tá aí uma banda que eu posso falar com toda a certeza de que é uma das bandas da minha vida.Sei que essa música já fazia muito sucesso,mesmo antes de eu nascer.Mas essa é a minha preferida desses caras.A letra e o sentimento que ela foi feita é capaz de tocar qualquer pessoa.Simplesmente uma obra de arte.


   3.Hunter_Dido: não sei se vocês conhecem a Dido.Se conhecem,conhecem por conta da música "Thank you",que foi a música dela que é mais conhecida.Porém,a minha favorita é "Hunter".É incrível como tudo se encaixa perfeitamente com essa mulher:a harmonia,a letra e principalmente a voz tão doce dela.


   4. Rollin_Limp Bizkit: uma das bandas mais importantes do New Metal não poderia faltar nessa playlist.Com uma mistura maravilhosa de metal e hip hop,esses caras conseguem fazer esse som que me vicia até hoje.



     5. Cleanin' out my closet_Eminem: essa música estava no auge da carreira do rapper do Eminem.O que me impressionava nele,era o poder de ser sincero e sempre falar o que pensava.O que me marcou nessa música foi o fato de ele abrir o coração para falar de tudo o que tinha passado com a sua mãe e expor sem medo.Se você conhece um pouco da vida do cara,vai entender do que estou falando.Amo!


    6. Don't look back in anger_Oasis: vocês sabem que sou apaixonadíssima por Rock Britânico.e a minha banda favorita desde a adolescência é o Oasis.Aquele jeito "arrogante" e a qualidade musical desses caras me conquista até hoje,mesmo a banda tendo chegado ao fim. :/


   7. Too bad_Nickelback: confesso que assim que o Nickelback  surgiu,eu achava a banda meio estranha.Não me perguntem o porque.Mas com o passar do tempo,comecei a conhecer o trabalho dos caras e com certeza eles tem músicas que curto muito.Too bad é a minha favorita.


       8. Não sei viver sem ter você_CPM22: se eu for citar a minha banda de rock  nacional favorita,essa banda seria o CPM22.Já fui para muitos shows desses caras e acompanho o trabalho deles até hoje (Deadfish também está nesse meio).Essa foi a música que mais me marcou.

    9.The beautiful people_Marilyn Mason: eu tinha muito medo do Mason e não conseguia de forma nenhuma ouvir o som desse cara.Achava tudo muito bizarro.Mas com o passar do tempo conseguir entender a proposta desse cara e a mensagem que ele queria passar.Essa música foi a que mais me marcou.


  10. Stay together for the kids_Blink 182: com certeza uma das bandas da minha adolescência.Aqueles caras que tinham um influência Punk Rock e que aprontavam muitas zoeiras nos seus clipes,mas que também na hora de falar sério sabiam fazer e muito bem.Sinto falta do trabalho desses caras. <3



    Ai gente,se eu fosse falar de tudo que comecei a ouvir durante a minha adolescência até hoje,montaria um post enorme e que vocês passariam dias lendo,de tanta coisa que escuto!kkkkkk!Espero que tenham gostado.Comentem lá na nossa page no Facebook e quem sabe posso até montar uma parte dois desse tema! :*




Figuras Colecionáveis

Sabe aqueles bonecos plásticos que inicialmente eram voltados para o público infantil?
Pois é, já faz um bom tempo que eles estão mais para o lado dos adultos (até mesmo por conta do preço kkkkk).
Nesse mundo do colecionismo estão pessoas que são fanáticas pelas miniaturas (as vezes nem tão miniaturas assim) e que exibem suas peças em estantes, prateleiras ou nichos, geralmente fechadas com portas de vidro e iluminadas com fitas ou lâmpadas de LED.

No universo dos colecionáveis existem diversas subcategorias. Mas eu vou falar um pouquinho das 3 mais conhecidas e colecionadas atualmente:

Action Figures

Action figures (ou figuras de ação), são 'bonecos plásticos' de personagens que possuem pontos de articulação com os quais é possível criar diversas poses ao gosto do colecionador. Além de ser possível trocar algumas peças (como rostos, mãos e acessórios) para modificar expressões e gestos e deixá-lo, por exemplo, como numa cena clássica do personagem.
São figuras muito queridas, justamente por causa dessa liberdade de criação e, geralmente retratam personagens de HQs, mangás, animes, jogos, tokusatsus, séries de TV e filmes.

Existem diversos fabricantes e, entre tantos eu posso citar: Max Factory (que produz, entre outras, a querida linha Figma), Good Smile Company (que faz os fofos Nendoroids), Bandai (que produz, por exemplo, os Cloth Myths que são os actions mais desejados de Os Cavaleiros do Zodíaco), Hasbro (responsável por algumas das milhares de linhas do Batman, Transformers, Star Wars etc), Hot Toys (que cria os actions mais realistas que você poderá encontrar, baseando-se nas feições dos artistas) etc.

Action Figures

Statue Figures

Statue figures (ou estátuas), são estatuetas (dããã) de um (ou mais) personagem. Como o próprio nome já deixa a entender, elas não possuem articulações, portanto não é possível realizar poses diferentes. Mas, em alguns casos, elas podem vir com acessórios extras (como faces e/ou objetos) para uma rápida e simples modificação da peça.
As estátuas geralmente são superiores quanto ao quesito de detalhes, tendo suas esculturas e pinturas muito mais detalhadas e meticulosas que os Actions. Mas se você prefere estar sempre modificando a pose da sua figura, opte pelas figuras de ação.
Do mesmo modo que as de Ação, as Estátuas também retratam geralmente personagens de HQs, mangás, animes, jogos, tokusatsus, séries de TV e filmes.

Os fabricantes que posso citar são, entre outros: Kotobukiya (que produz peças lindíssimas e de alta qualidade de tudo quanto é tema), Bandai (que faz estátuas como, por exemplo, dos personagens de Dragon Ball Z, One Piece, Sailor Moon, Power Rangers etc), DC Collectibles (responsável pela criação de esculturas lindas da DC Comics), Sideshow Collectibles (que cria estátuas incríveis e enormes de, por exemplo, World of Warcraft, DC Comics, Marvel, O Senhor dos Anéis, Star Wars e muitas outras) etc.

Statues Figures

Model Kit/Plastic Model

Model kit ou Plastic Model são os 'bonecos de montar'. São vendidos literalmente em pedaços para que o próprio colecionador os monte. Vale lembrar que eles nem sempre são articulados e também, que existem kits de muitas outras coisas além do universo nerd, como por exemplo, carros, navios, aviões etc.
A variedade de temas e fabricantes é grande, porém os mais comuns de serem vistos em coleções são os Mechas (robôs gigantes dos animes e mangás), Pokémon e naves, como as de Star Wars.

Model Kit/Plastic Model

Bom pessoal, é isso. Essa foi uma pequena introdução ao extenso mundo dos colecionáveis. Para quem é geek/nerd/gamer/otaku, é um universo bastante interessante, não?

É bom lembrar que, aqui no Brasil, os preços das figuras são consideravelmente altos (principalmente com o valor atual do dólar)...então se você também quiser entrar nesse mundo, é bom destinar uma boa porcentagem do seu salário/mesada ou ir logo aprendendo a importar direto das lojas japonesas ou do eBay.
Aviso logo que vicia, hein?! Kkkkkkkkk

Me digam o que acharam do post!
E quem tiver algo a acrescentar, fique à vontade para falar nos comentários!

Ah! Em breve farei reviews das figuras que tenho. Fiquem de olho ;)

Beijos <3

Livros, livros e Ooop's mais livros!!!

Olá pessoas mais lindas do mundoooooo!

Estava morrendo de saudades de vocês, estive um período bastante ocupada, cheguei a reta final do meu curso de Pedagogia e precisava me dedicar ao tão temido TCC (trabalho de conclusão de curso), consegui me sair super bem e na sexta-feira passada apresentei meu trabalho com louvor!! õ/ 
Bom, a notícia é que eu estou de volta e cheia de novidades, começando pelos meus cabelos que estão azuis, (fazia tempo que tentava e finalmente consegui! haha), também pelo mais novo esporte que pratico, tá eu não praticava nenhum, mas agora sou Cheerleader, SIM, existem times de FA no Brasil e em Pernambuco, comecei a namorar novamente... 


Em meio a todas essas novidades a que venho trazer para vocês é maravilhosa, como estou no finalzinho da facul, quase pegando o diploma, terei mais tempo para me dedicar a uma das maiores paixões da minha vida que é LER.


 Então resolvi reunir aqui alguns livros que já li e indico para vocês, alguns que eu tenho em casa e pretendo ler, e alguns que estou maluquinha pra comprar, então vamos aos livros?


Vou começar pelo Barril do Jack Sparrow!


Comprei o Barril na bienal do livro aqui em Recife, fazem alguns anos, ele é composto de 1 camisa, 1 barril e 4 livros, que contam algumas histórias do meu querido Jack na sua adolescência,  no Barril os livros vão do volume 5 ao 8 e são intitulados como : A idade do bronze, Prata, A cidade de ouro e O guardião do tempo, os volumes de 1 a 4 são vendidos em outro box "o Baú do Jack Sparrow", que infelizmente ainda não encontrei pra vender, os livros são da editora Melhoramentos e autor é Rob Kidd. Super indico, para quem gosta das aventuras do Capitão Jack Sparrow. 

Diários do Vampiro.


Tenho dois livros da série Diários do Vampiro, os volumes 1 e 2, que são respectivamente "O despertar" e "O confronto". Adorei os livros, mas por causa deles parei de ver a série, porque a historia do livro é bem diferente da história da série,  O livro "O despertar" conta a história de Elena, uma garota super popular e que todos os olhares são voltados a ela, até a chegada de um garoto novo na escola, super misterioso, ela fica super chateada por não conseguir chamar a atenção dele, e decide descobrir cada detalhe da vida dele. No meio desses detalhes, ela descobre que ele a ignora porque ela o lembra alguém e quase no final do livro descobre que ele é um vampiro. Em "O confronto", a história continua e Tyler acusa Stefan pela morte do professor Tanner e Stefan desaparece, não acreditando na cupa dele Elena se vê obrigada e enfrentar Damon para descobrir o que ele fez com Stefan. Se interessou pelos livros? Eles são da editora Galera Record e foi escrito por L. J. Smith.

Alice no País das Maravilhas, Alice através do espelho e Peter Pan.


Bem, esses livros são a inspiração da minha vida, Amo a história da Alice e essa edição de bolso vem com os dois livros "Alice no país das maravilhas" e "Alice através do espelho", de  Lewis Carroll em um só, que por sinal é muito bem traduzido. A Edição de Bolso do Peter Pan, de J. M. Barrie, também é magnifica. Além do designe dos livros que é lindo, todos de capa dura, as letras são do tamanho perfeito e a história nem se fala, é a melhor parte!
Os livros são da editora Zahar e são maravilhosos.


A bonitona encalhada e Bergof Blondes


A bonitona encalhada é um livro super divertido de Laura Henriques, contando as histórias da vida sentimental dela e trazendo dicas e truques para desencalhar, o livro é da editora Leitura e é inspirado em seu blog "abonitonaencalhada.blogspot.com". O livo Bergof Blondes de Plum Sykes , conta a história daquelas incriveis garotas que tem personal shopper, são adeptas do Indoor Bronze, pegam caronas em jatinhos particulares e correm incessantemente atrás de um noivo ricaço. Mas, será possível encontrar o amor numa cidade em que a felicidade é ser convidada para uma ultra-secreta liquidação de jóias da Van Cleef & Arpels? O livro é bem legal e faz você repensar um pouco, quais os valores que realmente importam. 

O poder do agora e Destrua este diário.


O poder do agora de Eckhart Tolle da editora Sextante e Destrua este diário de Keri Smith da editora Intrinseca, são dois livros de auto ajuda, o primeiro explicando um pouco sobre o tempo e fazendo você refletir sobre qual momento é importante viver na sua vida e o segundo vem como um cano de escape para o stress, trazendo coisas bizarras em suas páginas para serem feitas pelo leitor.

Johnny Depp
Biografia Ilustrada


Por esse livro eu tenho um grande amor, primeiro porque ele traz a história de um grande ator, que sou muito fã por sinal e segundo porque ganhei de uma pessoa muito especial, meu namorado lindo!


Eu ainda não terminei de ler o livro, por causa da faculdade, mas agora que estou com tempo irei devorá-lo em um dia!


O livro além de trazer toda trajetória de Johnny, mostra umas fotos maravilhosas de momento da sua vida! <3 Amo essa foto!!!!

A culpa é das estrelas e A escola do bem e do mal.


A culpa é das estrelas de John Green, da editora Intrisseca, foi um dos best sellers, que não li, pois é esse livro é da minha irmã e tomei como meta lê-lo agora nas minhas férias, assim como o livro, A escola do bem e do mal, de Soman Chainani, da editora Gutenberg, minha irmã (Vic), me indicou esses dois livros, espero que sejam bons!!


Bem gente, esses são meus tesouros, está faltando ai o livro Não se apega, não, de Isabela Freitas, que é um livro que eu amo, mas está emprestado. Resolvi fazer esse post pois como quero voltar a ler por prazer, livros que eu goste sai em busca de resenhas e indicações de livros na internet, achei poucos que me interessavam, então resolvi compartilhar os livros que gosto com vocês e espero ajudar quem, assim como eu ama ler. Achei na internet alguns títulos que quero adquirir como os livros " Um sorriso ou dois", "Não sou uma dessas" e "Não se iluda, não". Assim que os tiver, prometo fazer uma resenha aqui para vocês.



É isso pessoas espero que tenham gostado! Beijin'



















Top 5 San Diego Comic-Con 2015!



Oi galera! To de volta pra falar um pouquinho sobre a Comic-Con San Diego, que esse ano bombou como nunca! Assumo que a do ano passado prometeu muito e não cumpriu, mas a desse ano simplesmente superou todas as expectativas! Eu vou fazer um top 5 dos maiores destaques (na minha opinião, claro) desse evento sensacional *-*


1 – DC Comics – Sim! Por mais que eu seja uma fã assumida da Marvel, a DC trouxe coisas muito mais empolgantes pra essa Comic-Con. Como o elenco de Batman VS Superman e um trailer de deixar qualquer um com o coração na mão. Além de depois do evento, o trailer de Esquadrão Suicida, tirando todas as dúvidas quanto a interpretação de Jared Leto como Coringa. Posso dizer sem dúvidas que a DC dominou essa CC. Tenho que dizer que eles finalmente estão no caminho certo em seu universo de filmes, depois de muitos fracassos, como Lanterna Verde (que vai ganhar uma refilmagem), Mulher gato e dúzias de filmes mal sucedidos do Batman.


2 – Guilherme Del Toro – Esse aqui me deixou totalmente histérica! Além de ele estar envolvido na produção de um dos meus jogos de terror favoritos (O novo ‘Silent Hills’ que já teve uma demo de graça que foi sensacional! ) ele dirigiu o filme de terror mais esperado pra esse halloween: Crimson Peak! O elenco é incrível e os trailers prometeram muito, agora é só esperar esse lançamento em novembro! :)


3 – Marvel – Esse ano, a Marvel perdeu a supremacia de lançamentos na Comic-Con. Seus maiores e únicos trunfos da conferência foram o novo quarteto fantástico: O Quarteto Fantástico e a Força Do Destino, Deadpool e X-Men Apocalipse. Estou especialmente animada para esses filmes, mas acredito que eles deveriam ter dado mais espaço para Homem-Formiga, que o lançamento mais próximo deles. Em minha opinião, isso não foi nada comparada a Comic-Con de 2012 e 2013, que trouxeram personagens ‘vivos’ para o marketing dos filmes ( RDJ como Tony Stark e Tom Hiddleston como Loki, respectivamente.)

P.S.: Sinceramente, um filme do Gambit é tudo que os fãs não queriam ouvir nessa Comic-Con. Os boatos de um filme da Viúva Negra e até mesmo do Loki deixaram todos apreensivos, mas... Gambit? Pra o universo do X-Men que já vai ser praticamente ‘fechado’ no Apocalipse? Marvel, por favor, melhore!


4 – Star Wars – Bem, eles não trouxeram nada de 'novo' para a convenção, mas apenas a presença de uma tropa de Stompers armados e marchando na Comic-Con foi mais que o suficiente. Para ser sincera, Batman Vs Superman e Star Wars: O Despertar da força foram os lançamentos que fizeram esse ano de CC valer a pena. E, claro, ver o elenco todo e clássico é mais que empolgante! Fiquei mais ansiosa ainda para o episódio 7 do J.J. Abrams.


5 – Jogos Vorazes – A Esperança parte 2 – Essa saga veio se despedir nessa Comic-Con. Com agora a segunda parte de A Esperança. Sinceramente, não gostei muito da parte 1, achei que eles podiam ter feito um final mais empolgante do que desesperador, além de várias incoerências com o livro... Mas, apesar dos pesares, esse encerramento promete ser o melhor filme da série!



Considerações Finais: 
* Bem, eu acompanhei a CC mais na esperança de ver algo inédito da Marvel, acabei quebrando a cara. A DC me deixou muito mais surpresa e animada, por mais que eu acredite que o Esquadrão Suicida esteja caminhando pra se tornar um Guardiões da Galáxia feito por outra produtora e eu ainda tenha meu pé atrás com Batman Vs Superman. Bem, agora nos resta esperar.
* O Guilherme Del Toro, como sempre, traz produções em várias áreas diferentes, esse ano, no cinema e nos games. Terror e suspense são as especialidades dele e suas produções nunca decepcionam, então não há muito com o que temer. 
* Jogos vorazes também me deixou com o pé atrás, sinceramente. O trailer me preocupou um pouco, já que há muitas claras substituições e adaptações entre o livro e o filme (se você leu a trilogia, sabe do que estou falando), mas, para um roteiro de um filme elas são necessárias e acredito que eles vão conseguir completar esse universo muito bem. 

Por hoje é só meus amores, até o próximo post! :*

Post escrito por: Angélica Costa

Tudo sobre "Scream Queens"!



      Bom gente,como vocês sabem (já falei aqui inúmeras vezes,sou viciada em séries).Sei que ainda faltam 2 meses para a estreia de "Scream Queens" mas vou confessar para vocês que estou bastante ansiosa com a série.Então hoje resolvi adiantar um pouco para vocês do que vem por aí.

     A série que vai ser rodada pela FOX,está com estreia prevista para o mês de setembro.Quem está a frente da produção é nada mais nada menos que o poderoso Ryan Murphy,responsável por American Horror Story e Glee.O enredo da história vai envolver terror,drama e comédia.Na primeira temporada, a Universidade Wallace é abalada por uma série de assassinatos. A Kappa House, a fraternidade mais cobiçada do campus, é governada com a mão de ferro (e luva cor-de-rosa) por sua Rainha "Bitch" Chanel Oberlin (Emma Roberts).
   Quando a ex-Kappa Reitora Munsch (Jamie Lee Curtis) decreta que todos os alunos do campus podem se inscrever para participar da fraternidade, a Universidade vira um inferno, como um assassino vestido de Diabo causando estragos, fazendo uma vítima a cada episódio.A série terá sua transmissão iniciada no dia 22 de setembro de 2015 e será encerrada em janeiro de 2016.

      Elenco:
  • Emma Roberts como Chanel Oberlin
  • Jamie Lee Curtis como Cathy Munsch
  • Lea Michele como Hester
  • Keke Palmer como Zayday
  • Skyler Samuels como Grace Gardner
  • Ariana Grande como Chanel #2 - Katherine
  • Billie Lourd como Chanel #3
  • Abigail Breslin como Chanel #5
  • Diego Boneta como Pete Diller
  • Nick Jonas como Boone
  • Glen Powell como Chad
  • Lucien Laviscount como Earl

      Vai dizer que não ficaram no mínimo curiosos?Acho que vai ser uma trama imprevisível e que não vai ser  uma série manjada e de menininhas.EU ACHO.

      

    Depois comentem o que vocês esperam de "Scream Queens".Segue aí o link do trailer legendado amorzinhos! :*



                                














Eu sou o número quatro (livro) – Resenha

Autor - Pittacus Lore (pseudônimo usado por James Frey e Jobie Hughes)
Título Original – I am Number four (Eu sou o número quatro)
Título em português – Eu sou o número quatro
Editora:  Intrínseca
País de Origem – USA
Ano de Lançamento – 2010
Ano de Lançamento no Brasil - 2011


“Nove de nós vieram para cá. Somos parecidos com vocês. Falamos como vocês. Vivemos entre vocês. Mas não somos vocês.”

                A esperança de vida em outros planetas faz parte do fascínio e das pesquisas de muitos seres humanos há muito tempo. Imagina se além de existir vida extraterrestre, eles ainda vivessem entre nós? Pois é o que acontece no livro “Eu sou o Número Quatro” de Pittacus Loren (guardem bem esse nome que já falo dele), onde o Número Quatro da Garde de Loren, ou se preferir Jonh Smith, está na Terra, assim com os outros legados, fugindo dos Morgadorianos. Sim, são mais alienigenas que vivem entre nós!
                O livro publicado em 2010 nos Estados Unidos, com primeira publicação no Brasil em 2011, é uma ficção cíentifica que agrada até pessoas que não curtem coisas do gênero, assim como eu. Resumindo superficialmente o universo criado no livro, pode-se dizer que Loren é um planeta muito parecido com a Terra, que foi destruído pelos cidadãos do Planeta Morgadorem, os Morgadorianos, anos antes. Com a invasão de Loren, são destinados nove cidadãos, legados de Loren que possuem poderes, e seu Cêpans que são  guardiões dos jovens legados, para se refugiarem em outro planeta e depois participar da reconstrução de Loren. E imagina onde eles vêm se refuigiar? Sim, na Terra. Os legados de Loren marcados por uma magia, onde só podem ser mortos pela ordem crescente de seu números, são perseguidos na Terra pelos Morgadorianos que planejam a morte dos nove. Três já morreram ao início do livro, o próximo é o Número Quatro, protagonista dessa história de ficção, amor e guerra.
                O enredo, como vocês já podem ter notado, é um tanto complexo, por se tratar de um livro de universo paralelo, mas muito bem articulado. Os autores, James Frey e Jobie Hughes, escrevem o livro na figura de Pittacus Loren, um pseudônimo, prefiro não dizer quem ele é pra não dar spoiler assim como recebi. Pra quem curte cenas de ação, o livro contém cenas de ritmo acelerado que fazem o coração disparar. Até aconteceu um episódio muito louco comigo depois de ter lido e ir dormir, mas pra saber eu só conto lá no YouTube na resenha em vídeo que tá no fim do post.  As descrições da narrativa são detalhadas de modo que proporcionam a visão espacial e emocional dos cenários e dos personagens.
                Por se tratar de um primeiro livro de uma série, “Os legados de Loren”, o livro me parece ter cunho introdutório, há cenas de ação, mas o objetivo maior é que você conheça e se envolva com todo o universo criado (oque o livro cumpre muito bem). O prólogo pode parecer até ruim, mas sua opinião muda logo ao começo do primeiro capítulo.
                Indico o livro, estou muito ansioso pra ler a continuação, que já foi publicada. Se você já leu não esquece de deixar sua opinião aqui nos comentários, e se não leu, também deixa a tua opinião aqui dizendo se você acha que leria o livro, oque achou da resenha, é muito importante pra mim saber oque você pensa. A resenha em vídeo tá aqui, não deixe de dar uma olhada. Então é isso até o próximo post.

            
- Henrique Nascimento