E viveram felizes para sempre...não,pera.



   Tudo nos Contos de Fadas soa muito bonito...o príncipe,a princesa,o amor eterno.Ouvimos e contamos essas histórias desde a nossa infância.Lemos,assistimos animações e filmes e nunca nos cansamos.E se eu disser para você,que essas histórias passaram por pequenas modificações?Isso mesmo.Nem tudo é do jeito que você tá acostumado a ouvir desde sempre.
      Muitos não sabem, mas os contos de fada começaram lá na Idade Média.Os Irmãos Grimm na Alemanha em 1812 – 1822,publicaram tudo que conseguiram coletar de suas pesquisas que vieram diretamente da memória popular germânica,tipo A Bela AdormecidaA gata borralheiraA Branca de NeveChapeuzinho VermelhoJoãozinho e Maria e o O Pequeno Polegar.Muitos teóricos dizem que eles foram os primeiros a valorizar as histórias populares como literatura. Andersen , que também tava por aí naquela época, era dinamarquês e também quis mostrar o valor dos seus ancestrais. O patinho feioO soldadinho de chumboJoão e Maria e A Nova roupa do Imperador, “são dele”.Como deu pra perceber, faz muito tempo que contamos histórias para crianças, mesmo antes de ter livros sobre elas. Além dos GrimmAndersen e Perrault  foram importantes para o registro dessas histórias. Algumas vieram do oriente chegaram a Europa na Idade Média e a real autoria dessas histórias é bem questionável, já que a mãe contava pra filha, que contava pra neta, que contava pra bisneta,… elas passaram de boca a boca por gerações!Por exemplo, a criança não deveria ir pra floresta sozinha, se não poderia ser comida pelo lobo. E vocês sabem de que tipo de lobo eu estou falando e que comer não era exatamente o objetivo desse… loboO pequeno Polegar mostra o esforço que um deficiente tem para vencer na vida. Naquela época deficientes mentais ou físicos eram até queimados, considerados bruxos.


      Então,vamos a cinco verdades por trás de alguns contos fadas que existem por aí:

    1.Em João e Maria a mãe abandona as crianças na floresta POR GOSTO. Sem remorso e lamenta quando eles retornam no início da história. (Há vários trabalhos bem interessantes sobre o significado da casa de doce, a bruxa e o abandono dos pais. Vale a pesquisa!).
    2.Cinderela não tem Fada Madrinha. Ela tem uma árvore que nasceu no túmulo de sua mãe e duas pombas que a ajudam sempre. Sabem o lance do pé no sapatinho? A madrasta de Cinderela manda que uma das suas filhas corte as pontas dos pés para caber no sapato e que a outra corte o calcanhar. O príncipe só descobre o equívoco pela ajuda das pombinhas e pelo sangue que se espalhou denunciando o ato. Como se não bastasse, quando Cinderela vai embora da casa com o príncipe as pombinhas furam os olhos das irmãs com o biquinho.

        3.A Pequena Sereia morre (vira espuma) no final e não fica com o príncipe. </3

        4.A Rainha má é a mãe da Branca de Neve.

        5.A Rapunzel fica grávida de gêmeos de tanto jogar as tranças para o príncipe. A bruxa fica furiosa e joga ela no deserto com as crianças e fura os olhos do príncipe. Anos e anos se passam e os quatro acabam se encontrando e viva.

       Espero não ter destruído muitas infâncias por aí.Se você se interessou pelo assunto,vale a pena pesquisar a real história por trás dessas adaptações.Existem textos pela internet e alguns livros que falam de todos esses contos.






Comente com o Facebook: