Como escolher a profissão ideal?



      Sim, mais um ano está iniciando! Vamos voltar a nossa rotina, deveres, trabalhos e estudos. Para 

muitos, significa um ano de dedicação aos estudos e escolha da carreira profissional. Uns já 

decididos  dos que querem fazer, mas outros não fazem ideia. Primeiramente: NÃO PRECISAM SE 

DESESPERAR!! Essa indecisão é perfeitamente normal. Digo por experiência própria. Só decidi o 

que queria na minha vida, no meio do ano do vestibular. Por mais que você e outras pessoas 

pressionem, tudo tem seu tempo certo. Porém se você ainda tem dúvidas, espero que esse post te 

ajude!

   PESQUISE! Logo no início do processo, procure pesquisar sobre as profissões de seu interesse,

inclusive detalhes que muitas vezes passam desapercebidos. As que você achar que não combinam 

com o seu objetivo, descarte.

   CONTATO PROFISSIONAL! Por algum motivo, você já se dedicou a algum trabalho, ligado 

a alguma área? Foi produtivo? Você se sentiu bem? Avalie isso e pense. Procure conversar com 

alguns profissionais das áreas que escolheu. Procure saber das experiências e da contribuição dessa 

profissão para a sociedade.

   ASSUMINDO! A escolha de uma profissão é realmente um processo complicado. Após 

pesquisar, avaliar suas preferências e atividades que habitualmente realiza, conversar com

 profissionais e ver a contribuição dos mesmos para  sociedade, você deve pensar se é realmente isso

que quer.  Haverá um momento em que você terá que tomar um “ato de coragem”, ou seja, que

 assumirá os riscos inevitáveis diante do futuro. Mas serão riscos conscientes, que você correrá com 

confiança.


    Quer compartilhar uma dúvida ou experiência com a gente? Chega lá no nosso Facebook que

 conversamos! 



Comente com o Facebook:

Entendendo (ou pelos menos tentando) as terras paralelas em Flash!



    Para quem acompanha as coisinhas do Universo DC (HQS,filmes,séries...), sabe que existem 

várias terras paralelas. Por mais confuso que seja,vamos tentar explicar! O Multiverso (Terras 

Paralelas) é um conceito criado pela DC Comics para um multiverso. Eram infinitos universos, com 

suas próprias versões do planeta Terra. Estes universos estavam em constante vibração, e ocupavam 

todas o mesmo lugar no espaço, mantendo-se separadas apenas por esta diferença vibracional. 

Surgiu pela primeira vez nas histórias do Flash, que conseguia alcançar as diferentes Terras do 

mesmo modo que conseguia atravessar objetos sólidos, vibrando em supervelocidade. O conceito das

Terras Paralelas foi extinto em Crise nas Infinitas Terras; os habitantes das outras Terras tiveram suas

origens reescritas de modo que nasceram todos em nosso próprio universo.


   Tudo começou em The Flash #123 na história Flash of Two Worlds quando Barry Allen conseguia

 alcançar diferentes Terras vibrando em supervelocidade e encontrou o Flash Jay Garrick (só que ele

 morava em outra dimensão, a Terra 2).Em Justice League of America #22 (anos 60) foi mencionada

 que existiria mais uma Terra pelos Campeões do Crime (vilões das Terras 1 e 2 agindo em conjunto).

 Uma vez os vilões tiveram a ideia: Se existia uma Terra 1 e uma Terra 2, com certeza deveria haver

 uma Terra 3! A seguir cada um deles tentou atingir a dita dimensão da Terra 3, mas os heróis 

 chegaram antes e os prenderam. Mas a Terra 3 só foi mostrada propriamente dita em Justice League

 of America #29, onde houve a primeira aparição do Sindicato do Crime da América.

  Em Justice League of America #135-137, Rei Kull atingiu a Pedra da Eternidade e usou um 

dispositivo para paralisar o Mago Shazam e todos os deuses do panteão de Shazam, com exceção

de Mercúrio, que fugiu. Kull convenceu diversos vilões, das dimensões da Terra 1, da Terra 2 e 

da Terra S (onde Kull residia) a dominar tais planos de existência para ele. Membros da Liga da

 Justiça e Sociedade da Justiça, bem como heróis da Fawcett Comics (Íbis, o invencível, Bulletman e 

Bulletgirl, Spy Smasher, Mr. Scarlet e Pinky) intervieram contra o plano de Kull. Foi a primeira vez 

que uma história envolvendo 3 Terras Paralelas se deu, se você desconsiderar o encontro da Liga da 

Justiça e Sociedade da Justiça com o Sindicato do Crime.

A Terra X é um planeta onde a 2ª Guerra Mundial durou décadas. Na Terra 2, o lado europeu era

 protegido por uma barreira mística criada por Rei Dragão a serviço de Hitler e impediam os heróis a 

atuarem na guerra, o Tio Sam, teimoso como ele só, resolveu ir para a Terra X, outra dimensão onde

 havia nazistas, mas não havia barreira mística. Sam levou alguns heróis da Terra 2 para Terra X. 

Ele chamou a este mundo um grupo de heróis que foi rapidamente massacrado pelas forças do Eixo, 

embora muito corajosos, a Segunda Guerra durou décadas na Terra X, e só foi ganha quando o grupo

 recebeu apoio conjunto da Sociedade da Justiça e a Liga da Justiça. Embora a 2ª Guerra tenha 

durado tanto tempo na Terra-X, curiosamente nenhum dos integrantes dos Combatentes da Liberdade

 pareceu envelhecer. Muito provavelmente, isto foi um furo de roteiro que perdurou por anos.


     Em 1986, aconteceu o último e maior encontro entre a Liga e a Sociedade de Justiça. Na história

 "Crise nas Infinitas Terras", heróis de todos os mundos paralelos se unem para enfrentar a ameaça 

do Anti-Monitor, que deseja destruir todas as terras para criar um universo de antimatéria. A história

 termina em empate: o Anti-Monitor é destruído, mas os heróis não conseguem evitar que quase todas

 as terras sejam destruídas, restando apenas uma única terra!

O ponto alto dessa história é sem dúvida a morte do Flash. O mesmo herói que descobriu 


as terras paralelas em 1961 sacrificou-se para evitar a destruição do multiverso, fechando 


assim o ciclo de histórias sobre mundos paralelos. A partir de 1986, a DC Comics tornou-se


 um universo de super-heróis onde não havia mundos paralelos. 


   Realmente é muito confuso. Porém não é só isso. Ao todo, no Universo DC, existem 52 terras 

paralelas!    

    Para conhecer melhor tudo sobre elas (até porque se a gente for falar de todas elas aqui, você vai 

levar o dia inteiro pra ler sobre cada uma dela) é só dar uma sacada nesse site aqui, com tudo 


    Se assim como eu, você também acompanha a série The Flash , tá conseguindo entender um pouco

do que é o multiverso, Nosso amigo Barry Allen andou passeando pelas outras terras e fazendo umas 

besteiras né...



     E vocês, conseguiram entender? Comenta lá no nosso Facebook! 





Comente com o Facebook:

Apostas do Oscar 2017!


      E hoje teremos mais uma cerimônia do Oscar. Então montei um post com as principais apostas 

para este ano.

 La La Land


   Estrelado por Ryan Gosling e Emma Stone, o filme acompanha o romance entre um pianista e 

uma atriz iniciante, que precisam aprender a equilibrar a busca pelo sucesso e o relacionamento

 amoroso.

  Concorre a: Melhor Filme, Melhor Ator (Ryan Gosling), Melhor Atriz (Emma Stone), Melhor

 Canção Original, Melhor Direção de Arte, Melhor Diretor (Damien Chazelle), Melhor Edição (Tom

 Cross), Melhor Edição de Som, Melhor Figurino, Melhor Fotografia, Melhor Mixagem de Somm

 Melhor Roteiro Original, Melhor Trilha-Sonora (Justin Hurwitz).

  A Chegada


     Dirigido por Dennis Villeneuve (Sicario: Terra De Ninguém),conta a história da linguista Louise

 Banks, chamada pelo governo para se comunicar e investigar um grupo de alienígenas que 

pretendem invadir a terra. Injustiça, mas Amy Adams ficou de fora da disputa.

  Concorre a: Melhor Filme, Melhor Direção de Arte, Melhor Diretor (Denis Villeneuve), Melhor

 Edição, Melhor Edição de Som, Melhor Fotografia, Melhor Mixagem de Som, Melhor Roteiro 

Adaptado.

 Moonlight-sob a luz do luar


     A bela jornada de autoconhecimento de um homem focado em escapar do caminho do crime é a

 aposta do diretor Barry Jenkins para conquistar a Academia.

   Concorre a: Melhor Filme, Melhor Ator Coadjuvante (Mahershala Ali), Melhor Atriz Coadjuvante

 (Naomie Harris), Melhor Diretor (Barry Jenkins), Melhor Edição, Melhor Fotografia, Melhor

 Roteiro Adaptado, Melhor Trilha-Sonora.

  Manchester à beira mar


    Casey Affleck vive um homem que tem a missão de cuidar de seu sobrinho adolescente depois

 que o pai do garoto morre. Isso fará com que ele entre em contato com questões do passado, as

 mesmas que o fizeram abandonar o lugar anos antes. No Globo de Ouro, o ator Casey

 Affleck recebeu o prêmio de Melhor Ator de Drama.

   Concorre a: Melhor Filme, Melhor Ator (Casey Affleck), Melhor Ator Coadjuvante (Lucas

 Hedges), Melhor Atriz Coadjuvante (Michelle Williams), Melhor Diretor (Kenneth Lonergan), 

Melhor Roteiro Original.

  Lion-uma jornada inesperada


    É um belíssimo filme sobre o indiano Saroo (Dev Patel), que se perdeu do irmão numa estação de

 trem de Calcutá e enfrentou grandes desafios para sobreviver sozinho até de ser adotado por uma 

família australiana. Incapaz de superar o que aconteceu, aos 25 anos ele decide buscar uma forma de

 reencontrar sua família biológica. 

   Concorre a: Melhor Filme, Melhor Ator Coadjuvante (Dev Patel), Melhor Atriz Coadjuvante 

(Nicole Kidman), Melhor Fotografia, Melhor Roteiro Adaptado, Melhor Trilha-Sonora.

  Até o último homem


    O filme marca a volta de Mel Gibson como diretor. A trama conta a história de um médico

 convocado a servir o exército, que se recusa a pegar em armas por conta de sua religião. Mesmo 

assim, ele é condecorado com uma Medalha de Honra  por salvar seus companheiros.

Concorre a: Melhor Filme, Melhor Ator (Andrew Garfield), Melhor Diretor (Mel Gibson), Melhor

 Edição, Melhor Edição de Som.

  Um limite entre nós


    O longa estrelado por Denzel Washinghton e Viola Davis mostra os conflitos raciais nos Estados 

Unidos na década de 50. Viola Davis levou o prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante no Globo de Ouro.

Concorre a: Melhor Filme, Melhor Ator (Denzel Washington), Melhor Atriz Coadjuvante (Viola

 Davis), Melhor Roteiro Adaptado.

     Jackie


    Protagonizado pela atriz Natalie Portman, o drama baseado na biografia da primeira dama

Jacqueline Kennedy acompanha seus primeiros dias após o assassinato do presidente John F.

 KennedyGraças à sua atuação, Portman é vista como uma das favoritas ao Oscar 2017.

Concorre a: Melhor Atriz (Natalie Portman), Melhor Figurino (Madeline Fontaine), Melhor Trilha-

Sonora.

  Estrelas além do tempo


   O longa que conta a história do grupo de mulheres afro-americanas da NASA que foram parte

 fundamental para a trajetória dos Estados Unidos na corrida espacial vem registrando bons números

 de bilheteria nos EUA. O principal destaque é a atuação de Octavia Spencer

Concorre a: Melhor Filme, Melhor Atriz Coadjuvante (Octavia Spencer), Melhor Roteiro Adaptado.

 Rogue One


   O derivado da franquia criada por George Lucas conta como os Rebeldes tiveram sua primeira

 vitória contra o Império. O longa concorre nas categorias técnicas e deve sair com alguma estatueta.  

Concorre a: Melhor Mixagem de Som, Melhores Efeitos Visuais.

  Moana


   Grande candidato a melhor animação, a produção conta a história de uma jovem filha do chefe de 

uma tribo na Oceania, que deseja descobrir mais sobre seus ancestrais. Para isso, ela contará com a 

ajuda do semideus Maui.

Concorre a: Melhor Animação e Melhor Canção Original.

  Passageiros


   O longa estrelado por Chris Pratt e Jennifer Lawrence mostra uma longa viagem ao espaço, mas

 eles são despertados 90 anos antes do tempo esperado. Graças a isso, eles são obrigados a se 

conectarem emocionalmente. A relação entre eles se estreita ainda mais depois que um perigo ameaça

 a nave e seus tripulantes. A produção recebeu péssimas críticas, mas ainda pode garantir estatuetas. 

Concorre a: Melhor Design de Produção e Melhor Trilha Sonora.


    Animais Fantásticos e Onde Habitam


   Prólogo da história clássica de Harry Potter, o longa é ambientado em 1926, que acompanha, nesse

 primeiro filme, a aventura de Newt Scamander em visita à Nova York. O filme ganha ao mostrar um

 lado do universo Harry Potter que praticamente não vimos em oito filmes, o lado político e social 

dos bruxos vivendo lado a lado com trouxas numa cidade gigantesca e moderna.

Concorre a: Melhor Direção de Arte e Melhor Figurino.

  Doutor Estranho
     
                             

   O longa do Mago Supremo da Marvel é uma bela viagem visual e pode garantir o primeiro Oscar

 para a Marvel, de Efeitos. O filme na verdade é forte concorrente, mas Academia precisa deixar o

 preconceito com filmes de herói de lado. 

Concorre a: Melhores Efeitos Visuais.

   Esquadrão Suicida


    Amado por uns, odiado por outros, o longa é basicamente porrada do começo ao fim e nesse

 ponto a narrativa segue a lógica de filmes como Operação Invasão e Dredd, os quais acompanham

 protagonistas em apenas uma missão por boa parte da narrativa.

Concorre a: Melhor Maquiagem e Penteado.

     Florence: quem é essa mulher?


    Meryl Streep foi indicada pela 20ª vez por viver Florence Foster Jenkins, a cantora nova iorquina 

cujo sonho era ser uma grande cantora de ópera, mas não percebia sua falta de talento. 


Concorre a: Melhor Atriz (Meryl Streep), Melhor Figurino.




Comente com o Facebook: