Tecnologia do Blogger.

As cinco piores bilheterias de todos os tempos!



 
  Falamos muito aqu de filmes que gostamos e fazemos muitas resenhas para contar o que achamos

deles. Porém, nem tudo é tão perfeito assim. Então, selecionamos aqui cinco filmes com bilheterias 

desastrosas!!

    SPEED RACER (2008)
     

Speed Racer custou 120 milhões de dólares, com bilheteria de 93 milhões de dólares e saldo

 negativo, -113 milhões de dólares com correção monetária. É o remake do anime japonês da década

 de 1960, com criadores de Matrix, Andy e Lana Wachowski, foi responsável por dividir a opinião da

 crítica, e falhou em conquistar o principal público, as crianças.

    47 RONIN (2013)

  
O filme norte-americano “47 Ronin”, que conta a história de um grupo de samurais do Japão que 

vingam o assassinato do seu mestre, ocupa a segunda posição na lista de maiores perdas. Com uma

 superprodução de US$ 175 milhões, estima-se que o filme tenha perdido US$ 150 milhões.

   
   O CAVALEIRO SOLITÁRIO (2013)


Com um prejuízo estimado de até US$ 120 milhões, “O Cavaleiro Solitário” pode se tornar o

 segundo maior fracasso da Disney, atrás apenas de “John Carter”. Após consumir um orçamento de

 US$ 250 milhões, além dos US$ 175 milhões investidos em marketing, o filme, que conta as 

memórias de Tonto (Johnny Depp) dos primeiros esforços para subjugar as ações imorais dos

 corruptos e trazer a justiça no Velho Oeste americano, arrecadou US$ 260 milhões nos cinemas. 

    ORGULHO, PRECONCEITO E ZUMBIS (2016)


Bilheteria: US$16,4 milhões. Orçamento: US$28 milhões.

Depois de muitas dificuldades de produção e anos de discussões sobre o roteiro, o resultado chegou 

aos cinemas, mas não agradou.

   JACK,O CAÇADOR DE GIGANTES (2013)


Orçamento: aproximadamente US$ 195 milhões
Bilheteria: aproximadamente US$ 197 milhões
Prejuízo: entre US$ 86 e US$ 101 milhões
    A superprodução em questão teve o intuito de readaptar a história clássica de João e o Pé de
 Feijão. A produção teve início em 2009, passando por alterações de roteiristas e de diretores durante 
o caminho. O filme não foi considerado ruim e teve críticas bem mistas – positivas e negativas.
 Contudo, os custos de divulgação ao redor do mundo foram gigantescos, levando ao prejuízo de 
milhões.



Comente com o Facebook: